Bancária de Volta Redonda é reintegrada à função no Banco Santander S/A

Medida ocorreu face à ação judicial movida pelo Sindicato dos Bancários do Sul Fluminense

Em atendimento à ação movida pelo Sindicato dos Bancários do Sul Fluminense, por
meio do Departamento Jurídico, o Juízo da Vara do Trabalho de Volta Redonda
determinou a reintegração da bancária Danielle Christine Braga ao quadro de
funcionários do Banco Santander S/A, agência Volta Redonda. A sentença também
estabeleceu o pagamento de todas as verbas salariais não creditadas durante o
período de janeiro até a data da reintegração, que ocorreu no dia 09 deste mês.

 A bancária foi admitida em 2005 e demitida pela instituição em janeiro deste ano.
Neste período, ela exerceu as funções de gerente de negócios e serviços. O
pedido de reintegração da autora, conforme explicou o advogado da entidade sindical,
Dr. Murilo Cesar Reis Baptista, se deu em razão do banco ter aderido ao
movimento #nãodemita de modo a preservar os empregos de seus colaboradores
durante a pandemia da COVID-19 e a crise econômica, e assim, deveria manter o
compromisso assumido.

 – O Juiz da 1ª Vara do Trabalho de Volta Redonda levando em consideração o
princípio da função social da empresa, bem como que a situação fática que
ensejou o compromisso assumido pelo banco ainda se encontra em vigência,
deferiu o pedido de tutela antecipada para reintegrar a autora ao quadro
funcional do banco, restabelecendo todos os seus direitos contratuais e normativos
– disse o advogado.

 O presidente do Sindicato, Júlio Cunha, reafirmou que a entidade continua
trabalhando arduamente para garantir os direitos do trabalhador bancário. “O
Sindicato atua em várias frentes, como o Departamento Jurídico e a Saúde.
Especificamente nos casos de demissões, o bancário associado deve informar seu
desligamento ao Sindicato acessando o nosso site, na aba “Serviços/Departamento
Jurídico” e preenchendo o formulário. Nem todos os bancos fazem homologação na
entidade inviabilizando a ciência do desligamento e consequentemeente, a nossa ação
imediata. Estas precauções permitem que a entidade verifique a regularidade do
desligamento, o correto pagamento dos direitos e subsidie a luta em defesa da
manutenção dos empregos na categoria”, disse.


O atendimento do Departamento Jurídico do Sindicato é realizado de segunda à
sexta-feira, de 10 às 17 horas. Mais informações podem ser obtidas pelo
telefone Fale com o Jurídico (24) 98100-0018.

Link para acesso ao formulário do departamento jurídico:
https://bancariosulfluminense.com/dpto-juridico/

 

Fonte: Sind. Bancários do Sul Fluminense

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Sede Barra Mansa
Sede Campestre:
Subsede Volta Redonda:

Copyright 2021 - Sindicato dos Bancários do Sul Fluminense

Como podemos ajudar?