Iniciativa de bancária de Vassouras somadas as ações do Sindicato dos Bancários do Sul Fluminense garantem vacina contra a Covid-19 para a categoria no município

 

O Sindicato dos Bancários do Sul Fluminense vem atuando de forma incisiva, oficiando as autoridades nos dezesseis municípios que compõem sua base para garantir a vacina contra a Covid-19 à categoria.

– Oficiamos autoridades legislativa e executivas, órgãos governamentais como Vigilância Sanitária e o Ministério Público , assim como temos mantido contato direto com deputados da região, a fim de sensibilizar e incluir a categoria no Plano Nacional de Imunização, esta que foi decretada como essencial desde o início da pandemia, que não parou de trabalhar nem um dia e com seu trabalho contribui para que a economia não pare, seja também incluída como prioridade para vacinação”, disse o presidente do Sindicato Júlio Cunha.

Os diretores analisaram que a pressão dos bancários e bancárias de Vassouras foi fundamental para que a vacinação fosse realizada no município. “As ações da entidade juntamente com a participação dos bancários foi o que levou no último dia 09, a vacinação a cerca de 70 bancários da cidade, além dos prestadores de serviços (vigilância e serviços gerais). O fato é simbólico e justifica a luta da categoria, que de forma alguma pretende ser privilegiada. Ao contrário, lutamos por vacina para todos, mas o momento é de escassez do antígeno e com a decretação da essencialidade dos serviços bancários e por se prestar um serviço que atende milhares de pessoas diariamente, em ambientes fechados sem circulação natural de ar, torna-se propício a propagação do vírus. Soma-se a isso a quantidade de casos de Covid-19 que acometeu a categoria, forçando muitas vezes o fechamento de agências por conta de surtos da doença”, disseram.

O Sindicato continua a luta pela vacina e convoca todos os bancários que, assim como os de Vassouras, apóiem o movimento através de mobilizações locais, via redes sociais, e-mails, etc contactando aqueles que foram eleitos para representá-lo seja na Câmara de Vereadores, Prefeituras, Assembleia Legislativa.
– Quando municipalizamos os pedidos de vacinas para a categoria, fica claro a abrangência da medida sanitária visto que em alguns municípios o número de bancários não chega a 20, porém atendem todos os meses a milhares de pessoas em um ambiente altamente favorável a transmissão do vírus”.

Na Cidade do Aço, maior contingente da categoria de nossa base, o presidente da Câmara de Vereadores Nilton Alves de Faria, o Neném, encaminhou Indicação Legislativa sobre o assunto. Na quinta-feira, dia 10, um assessor do prefeito Antônio Francisco Neto entrou em contato com a direção do Sindicato a fim de apurar o quantitativo de bancários no município, que é de aproximadamente 680 profissionais.

Em Barra Mansa, a Indicação Legislativa de autoria do presidente da Câmara, Luiz Furlani, está prevista para ser votada nesta quarta-feira, 16.

Um Projeto de Lei 76/2021, também do mesmo de autor, está em tramitação no Legislativo municipal.

Na última sexta-feira (11/06), foi realizada reunião com o secretário de Governo de Porto Real, com intuito de encaminhar a vacinação dos bancários naquela cidade.

Em reunião no dia 7 de abril passado, com o deputado estadual Marcelo Cabeleireiro, que é da região, assegurou o requerimento 3949/2021 de um Projeto de Lei junto ao Legislativo Estadual tratando da prioridade da imunização da categoria.

Dia 12 de abril, o Sindicato obteve uma importante vitória na Justiça Federal da 21ª Vara Federal Cível da SJDF – Brasília. O juiz federal substituto concedeu Liminar favorável no Processo 1019521-93 atendendo ao pedido do Sindicato dos Bancários para que a compra de vacinas à categoria, vinculada a apreciação pelo Senado Federal do projeto de lei que trata do tema.

Fonte: Sind. Bancários do Sul Fluminense

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Sede Barra Mansa
Sede Campestre:
Subsede Volta Redonda:

Copyright 2021 - Sindicato dos Bancários do Sul Fluminense

Como podemos ajudar?