Eleições Previ: chapa que se diz apartidária investe tudo em empresas de suplente de senador

Os candidatos e apoiadores da Chapa 1 nas eleições Previ administram um fundo de pensão, o AnabbPrev, instituído pela Anabb, associação dos funcionários do BB. A chapa, que se diz apartidária, aplica quase todo o patrimônio dos participantes nas empresas de Joel Malucelli, do Republicanos-PR, suplente do senador Álvaro Dias.

Essa concentração de investimentos contraria os princípios de prudência e segurança recomendados por qualquer analista de mercado e expõe o patrimônio dos participantes a um risco elevadíssimo. Se o grupo quebrar, os participantes do AnabbPrev perdem toda a sua reserva. O grupo JMalucelli controla o Paraná Banco e outras empresas gestoras de recursos de terceiros.

De acordo com as demonstrações contábeis e relatórios anuais disponíveis no site da AnabbPrev, até 2016 o patrimônio dos cerca de 1.300 participantes do fundo de pensão eram investidos em dois bancos públicos – BB e BRB – mas foram todos transferidos para a JMalucelli.

O resultado desta política é desastroso. De 2012 a 2020, os investimentos do AnabbPrevi renderam 87%. Neste mesmo período, os investimentos do plano Previ Futuro, administrado pela Previ, rendeu quase o dobro, 171,7%. “Enquanto o fundo de pensão da Anabb terceiriza tudo para as empresas do senador, a Previ diversifica seus investimentos em várias classes de ativos, conseguindo uma rentabilidade muito maior e correndo riscos infinitamente menores”, aponta João Fukunaga, coordenador da Comissão de Empresa e associado do Previ Futuro.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Sede Barra Mansa
Sede Campestre:
Subsede Volta Redonda:

Copyright 2021 - Sindicato dos Bancários do Sul Fluminense

Como podemos ajudar?