Começa a primeira mesa de negociação entre Comando e Fenaban

Começou na manhã desta quarta-feira (26), a primeira rodada de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

Apontado na Consulta Nacional como prioridade para a Campanha Nacional Unificada dos Bancários 2024, o emprego é o tema dessa primeira mesa.

Fazem parte deste debate a defesa do emprego bancário, fim da terceirização, jornada de quatro (4) dias na semana sem redução da remuneração, qualificação permanente dos trabalhadores para novas tecnologias, realocação e/ou requalificação de trabalhadores impactados por mudanças tecnológicas, instalação de comissão bipartite para debater, acompanhar e apresentar projetos de mudanças tecnológicas e organizacionais.

Para a presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro e coordenadora do Comando Nacional dos Bancários, Juvandia Moreira, os avanços tecnológicos devem ser importantes para toda a sociedade, mas não devem ser instrumentalizados para que poucos se apropriem dos ganhos desses avanços.

“Não dá pra eliminar emprego e deixar uma minoria ainda mais rica. Então, os empregos precisam ser defendidos para que a gente tenha uma sociedade justa e igualitária e não concentradora de renda”, afirmou Juvandia, acrescentando que, em 2023, lucro dos bancos bateu recorde e somou R$ 144 bilhões, ou 5% a mais do que no ano anterior.

*Fonte: Contraf-CUT e SP Bancários

*Foto: Seeb SP

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Sede Barra Mansa
Sede Campestre:
Subsede Volta Redonda:

Copyright 2021 - Sindicato dos Bancários do Sul Fluminense

Como podemos ajudar?